Inscreva-se já

Inscreva-se já

Inscreva-se já no nosso ginásio

Cãibras durante o treino

01.06.2018


Quando estamos completamente motivados para a prática de exercício físico, treinamos bem, estamos mentalmente focados nos objetivos e sentimo-nos a melhorar a condição física, nada nos pode demover. À excepção de uma sensação que nos pode dificultar o treino e que todos nós estamos dispostos a evitar: uma cãibra.

 

Um cãibra que ocorra durante o exercício físico representa a fadiga muscular associada a esse mesmo treino, nomeadamente em relação à sua intensidade, volume e/ou duração. É por isso que afetam mais comummente grupos musculares diretamente envolvidos no exercício físico que se está a realizar.

 

Há várias teorias que tentam justificar o surgimento de cãibras, nomeadamente a desidratação bem como níveis anormais de sódio, potássio, magnésio ou cálcio no sangue. Contudo, as pesquisas sugerem que estes factores individualmente não são causadores de cãibras, sugerindo que a sua ocorrência seja potenciada pelo conjunto dos vários factores. 

 

E o que podemos fazer para diminuir o risco de ocorrência destas sensações?

Pois bem, uma vez que não há definição de uma causa única para o seu aparecimento, as recomendações para evitar cãibras são um pouco gerais:

-    Treinar regularmente e corretamente.

As cãibras são menos comuns em pessoas bem treinadas ou com uma melhor condição física. Para além disso, é importante que inclua no seu treino um momento para fazer alongamentos, devem ser uma parte integrante do treino.

-    Comer antes do treino.

A ingestão de hidratos de carbono adequados antes do treino, e durante em caso de treino muito prolongado ou intenso, ajuda a prevenir a fadiga muscular precoce, que está associada ao surgimento de cãibras.

-    Hidratar-se.

A desidratação contribui para a fadiga muscular precoce, podendo potenciar o aparecimento de cãibras.

 

Experimente e corrija alguns dos seus hábitos.

Se a ocorrência de cãibras continuar com alguma frequência e se a duração das mesmas for prolongada, procure o médico.

Susana  Francisco
Nutricionista

© 2018   Todos os direitos reservados   Politica de Privacidade Seara.com